sexta-feira, novembro 03, 2006

Noite

MInha alma vaga nessa noite...
triste e solitária alma.
Perdida de amigos e de minha amada.
Nos tropeços, na noite, essa alma vai a lugar nenhum.
Chama por algo que não voltará.
Pobre alma
Que queima no inferno do existir.

Nenhum comentário: